Graves violações de direitos humanos na zona rural.

04/12/2000
Informe
es fr

Esse relatório foi elaborado após inúmeras informações
enviadas por numerosas organizações da sociedade civil
brasileira denunciando as violações de direitos humanos
cometidas na zona rural. Conjuntamente a isso, nesse
relatório consta informações recolhidas pela Federação
Internacional das Ligas de Direitos Humanos (FIDH), por
ocasião de duas visitas realizadas. A primeira delas foi
efetuada por Fernando Gomes, advogado, ex-Presidente da
Organização Bissau-guiana de direitos humanos e ex-vice-
Presidente da FIDH e por Roberto Morales, antropólogo
chileno, em setembro de 1998. A segunda visita foi
realizada por Françoise Marthe, advogada, encarregada da
missão junto ao escritório executivo da FIDH, em julho de
1999.

As delegações durante sua estada no Brasil visitaram os
Estados de São Paulo, onde a mobilização dos
trabalhadores rurais é muito forte, da Bahia, do
Pernambuco (nordeste), do Pará (Amazônia oriental) e do
Paraná. Nas regiões mais atingidas pela violência ligada
aos conflitos fundiários as delegações puderam encontrar
instancias governamentais e várias organizações da
sociedade civil. Os membros da primeira delegação
também visitaram núcleos penitenciários, o que puderam
observar nesses locais justifica a inclusão de um capítulo
específico sobre esse tema.

A FIDH quer agradecer o Movimento Nacional de Direitos
Humanos (MNDH), a Liga brasileira filiada, por seu opoio e
a sua cooperação, a Comissão Pastoral da Terra (CPT) e a
Comissão juridica du Movimento dos Trabalhadores Rurais
Sem Terra (MST) por suas preciosas informações.

Leer más
rapport